Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
DISQUE DENÚNCIA

Notícias

Mundo
Acordo de paz entre as Farc e o governo colombiano será assinado hoje

26 de Setembro de 2016

Caneta feita com projétil selará acordo de paz com as Farc

Fim ao conflito de 52 anos é selado entre o governo e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc)

Além de por fim ao conflito que dura 52 anos na Colômbia, a assinatura do acordo de paz entre o governo e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) nesta segunda-feira (26) será realizada com um "balígrafo". A informação é da Agência Ansa.

"Nós criamos o que chamamos de 'balígrafo', que é uma bala [de armas] convertida em uma caneta para dizer que essa é a transição das balas para a educação, o futuro. E quero dar um 'balígrafo' de presente para cada um e com esse 'balígrafo' vamos firmar o acordo de paz", explicou o presidente do país, Juan Manuel Santos, em entrevista divulgada por seu gabinete.

As "canetas" foram fabricadas com cartuchos de projéteis .50, usadas em metralhadoras e fuzis, submetidas a processo de limpeza e convertidas em peças que levam a frase "As balas escreveram nosso passado. A educação, nosso futuro".

Juan Manuel Santos chegou a usar uma dessas canetas em junho do ano passado, durante a assinatura do documento que pôs fim aos atos militares entre Bogotá e as Farc. Além dessas peças, outros itens foram convertidos em objetos de decoração para o local da assinatura do acordo. Guitarras com restos de armas, criadas pelo músico Cesar Lopes, também serão utilizadas hoje

Saiba Mais:

Acordo de paz entre as Farc e o governo colombiano será assinado hoje

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e o governo colombiano assinam hoje (26) o acordo de paz firmado em agosto em Cuba, após quatro anos de negociações. O documento deve ser assinado em Cartagena pelo presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, e o líder das Farc, Rodrigo Londoño Echeverri, o Timochenko.

O acordo foi aprovado por unanimidade durante a 10ª Conferência Nacional das Farc, realizada pela última vez de forma ilegal. "Informamos que os guerrilheiros-delegados deram respaldo unânime ao acordo de paz. A guerra acabou. Viva a Colômbia, viva a paz ", disse Luciano Marín Arango, também chamado de Iván Márquez, que foi o líder da negociação com o governo de Juan Manuel Santos.

O acordo de paz entre as Farc e a Colômbia põe fim a um conflito de 52 anos, considerado um dos mais antigos e sangrentos da América do Sul, e deverá ser referendado pelos colombianos num plebiscito marcado para o próximo dia 2 de outubro.

*Com informações da Agência Ansa

Saiba Mais

Por unanimidade, Farc ratificam acordo de paz com governo da Colômbia

Edição: Graça Adjuto

Agência Ansa

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5