Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
DISQUE DENÚNCIA

Notícias

Efemérides

01 de Novembro de 2017

Reforma Protestante completa 500 anos

Igreja do castelo de Wittenberg, a mesma onde Martinho Lutero fez seu grande manifesto 500 anos atrás, foi o cenário da grande celebração alemã.

A igreja do castelo de Wittenberg, a mesma onde Martinho Lutero fez seu grande manifesto 500 anos atrás, foi o cenário da grande celebração alemã em memória do dia que dividiu os cristãos e mudou a história.

A escolha de uma pastora para presidir o culto reafirmou as diferenças litúrgicas e dogmáticas entre os protestantes e os católicos de quem eles se separaram com a reforma de Lutero.

As palavras da pastora Brigitte Neumeister reforçaram o pensamento de Marinho Lutero. O culto foi acompanhado por milhares de pessoas, inclusive pela primeira-ministra. Além de ser protestante e de um partido cristão, Angela Merkel é filha de um pastor luterano, mas falou em nome da Alemanha.

"É fundamental que possamos aprender com as lições dos últimos séculos se quisermos falar sobre a necessidade de tolerância", disse Merkel. "Um dos nossos maiores desafios é reconhecer a pluralidade, lidar com as diferenças e com a diversidade cultural e religiosa”.

Em mais um passo da caminhada longa e lenta pela reconciliação, a associação que representa igrejas luteranas do mundo inteiro e o Vaticano divulgaram uma declaração conjunta. O documento afirma que agora, pela primeira vez, luteranos e católicos podem ver a Reforma Protestante sob o ponto de vista ecumênico, e que isso permite uma nova compreensão dos acontecimentos que os separaram no século XVI.

A conclusão do documento conjunto é que, 500 anos depois da reforma que redefiniu e traumatizou o cristianismo, é finalmente possível pensar que o que aproxima católicos e protestantes é muito maior do que aquilo que há tanto tempo os tornou inimigos.

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5