Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
DISQUE DENÚNCIA

Notícias

Esportes
Valdir Rocha
Conciliando a rotina de treinos com os aulões da escola, eles fizeram as provas do Enem nos dois últimos finais de semana

16 de Novembro de 2017

Alagoanos realizam sonho de participar dos Jogos Escolares

Matheus Flores e Isabella Cerqueira, da Escola Afrânio Lages, competirão na natação, de 16 a 25 de novembro

A partir do dia 15 de novembro, os amigos Isabella Cerqueira e Matheus Flores verão um de seus maiores sonhos se tornar realidade: eles representarão o Estado de Alagoas na edição 2017 dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), que acontecem de 16 a 25 de novembro em Brasília. Assim como Matheus e Isabella, outros 143 alunos atletas também embarcam para a capital federal neste feriado para concretizar este sonho.

Alunos da Escola Estadual Afrânio Lages, Isabella e Matheus são amigos na escola e no esporte, treinando juntos na equipe de natação do Cepa, onde colecionam títulos e se integraram a uma segunda família. Para compor o seleto grupo da natação que representará Alagoas em Brasília – que conta ainda com a participação de Ana Cecília Milhazes (SEB), Anderson Diogo Rego (Escola Estadual Moreira e Silva), Everson Rodrigues da Silva (Escola Estadual Moreira e Silva), José Ulisses de Souza Neto (Intensivo) e Antônio Henrique Rocha (Potencial) - eles tiveram que bater um índice estabelecido durante os Jogos Estudantis de Alagoas (Jeal).

No caso de Isabella, a vaga veio, literalmente, por um segundo, visto que o índice estabelecido para a competição era de 33 segundos e ela nadou 32. “Estava bastante focada na competição, mas, mesmo assim, fiquei surpresa quando soube que havia batido o índice. Comecei a fazer natação para corrigir problemas de saúde e estou na equipe do Cepa há dois anos. Participar dos Jogos Escolares é um sonho, estou muito feliz”, conta Isabella.

Perseverança - Matheus, que vai competir nos 50 e 100 m peito, diz que o apoio de seus professores, que sempre acreditaram em seu potencial, foi importante para a conquista da vaga. “Sempre sonhei participar dos Jogos Escolares e agradeço a Deus e aos meus professores pelo apoio. Em Brasília, pretendo melhorar meu tempo e também lutarei para chegar a uma final”, fala.

Paralelamente aos Jogos Escolares, os jovens também encaram outro desafio: o acesso ao ensino superior. Conciliando a rotina de treinos com os aulões da escola, eles fizeram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos dois últimos finais de semana. “Ter um sonho é uma coisa, persistir neste sonho é outra. Ser aluno e atleta não é fácil, mas estamos focados, conciliando os estudos e os treinos”, revela Matheus, que almeja uma vaga no curso de Educação Física.

O professor Luciano Villar, que integra a equipe de professores de natação do Cepa, não esconde o orgulho ao falar de Matheus e Isabella. “São jovens muito dedicados e que nos orgulham muito. Com certeza, representarão muito bem Alagoas”, afirma.

Números – Ao todo, quatro mil alunos atleta de todo o país competem nos Jogos Escolares. Alagoas será representada por 145 atletas, mas, quando somados os técnicos e oficiais, este número sobe para 172 pessoas.

Ana Paula Lins
Agência Alagoas

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5