Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
EDUCAÇÃO

Notícias

Violência
Márcio Ferreira
Investimentos como a Força Tarefa, os Cisp e o programa Ronda no Bairro foram fundamentais no combate ao crime

09 de Fevereiro de 2018

Alagoas reduz em 23% os homicídios em janeiro

O ano de 2018 começou positivo na Segurança Pública de Alagoas. Dados do Núcleo de Estatística e Análise Criminal (Neac), da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), apontam que no mês de janeiro houve queda de 23% no número de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) em comparação ao mesmo período do ano anterior.

O levantamento do Neac revela que em todo o Estado foram cometidos 161 homicídios em janeiro. Já no mesmo mês em 2017, ocorreram 208 mortes. Também houve redução no número de homicídios em Maceió. No ano de 2017, foram registrados 79 homicídios e em 2018 o número caiu para 54, uma redução de 32%.

O governador Renan Filho afirmou que está “muito otimista” para 2018 no sentido de seguir reduzindo violência em Alagoas. Ele lembrou que 2017 foi um ano complexo para a Segurança Pública brasileira com o início, em janeiro, das guerras entre facções criminosas dentro dos presídios.

“Eu tenho certeza que 2018 será um ano com menos homicídios do que 2017 pelo trabalho da polícia, pela dedicação e pelos investimentos feitos tanto na Polícia Civil como na Militar e na Perícia Oficial. A redução da violência no Estado e em Maceió demonstra que a polícia trabalha firmemente. Enquanto no restante do Brasil a violência cresce, aqui se reduz”, afirmou Renan Filho.

O secretário da Segurança Pública, Lima Júnior, destaca que a redução é reflexo do trabalho integrado realizado em Alagoas pelas Polícias Civil e Militar, pelo Corpo de Bombeiros e Perícia Oficial. Ele também lembrou que entre janeiro e abril do ano passado, o Estado enfrentou um pico de assassinatos fruto da disputa entre facções criminosas pelo comando do tráfico de drogas. Neste período, houve um aumento de 26,4% nos homicídios em comparação ao mesmo período do ano de 2016.

“A Segurança Pública tomou as devidas providências para conseguir evitar que a quantidade de homicídios aumentasse. Prova disso é que a partir de maio do ano passado conseguimos estabilizar os números e em julho registramos o mês menos violento dos últimos 10 anos. Graças aos investimentos realizados pelo governador Renan Filho na área foi possível robustecer as ações que já vinham sendo realizadas e assim atuar de forma mais eficiente no combate ao crime”, pontuou.

Lima Júnior destacou, ainda, que investimentos importantes, como a Força Tarefa, os Centros Integrados da Segurança Pública (Cisp), o programa Ronda no Bairro, a realização de concurso público para a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, novas viaturas e reforma de delegacias e batalhões são ferramentas fundamentais no combate ao crime e de preservação de vidas.

“Nesses três anos de Governo, nós fizemos o Laboratório Forense da Perícia Oficial, instalamos os radiocomunicadores digitais para Segurança Pública, adquirimos novos helicópteros, implantamos o programa Força Tarefa de Segurança Pública, com as viaturas amarelas nas ruas; convocamos a reserva técnica, fizemos concurso público e acabamos de construir uma delegacia especializada em homicídios e em narcóticos no bairro do Bebedouro, em Maceió”, citou Renan Filho.

Ele acrescentou, também, que o Governo do Estado vai expandir o programa Ronda no Bairro, iniciativa que vem obtendo bons resultados na redução dos índices de violência no bairro do Jacintinho, em Maceió. “É um programa que está dando muito certo e nós vamos levá-lo para outros bairros da capital e depois para o interior do Estado”, garantiu Renan Filho.

“É de se comemorar o resultado de redução da violência no mês de janeiro, mas é, sobretudo, momento de seguir trabalhando para que a gente mantenha Alagoas na contramão dessa crise da Segurança Pública que afeta os Estados brasileiros, reduzindo violência”, finalizou o governador.

Vanessa Siqueira e Severino Carvalho
Agência Alagoas

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5