Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
sífilis

Notícias

Efemérides
Gazeta Web
Morre em São paulo o jornalista José Marques de Melo

22 de Junho de 2018

Morre o jornalista alagoano José Marques de Melo

Melo foi um dos primeiros doutores em jornalismo do país, e se tornou um dos nomes mais respeitados na área

Faleceu na tarde da última quarta-feira (20/06) o jornalista e professor doutor José Marques de Melo, aos 75 anos, vítima de um infarto em sua residência, no bairro de Pinheiros, em São Paulo. Nascido em Alagoas, ele era um dos nomes mais reconhecidos da área da Comunicação em todo o país.

A informação foi confirmada pelo primo dele, o desembargador José Carlos Malta Marques, do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL). Segundo ele, o jornalista passou mal logo depois do almoço.

“Ele vinha bem, estava trabalhando, produzindo. Aí hoje, por volta do meio-dia, ele se sentiu mal e acabou tendo um infarto fulminante. Há uns 15 dias ele esteve no médico fazendo um check-up, e não foi encontrado nada de errado. Ele tinha o Mal de Parkinson, mas a doença estava controlada há muito tempo”, relata o desembargador.

O jornalista foi velado e enterrado em São Paulo, no cemitério do Morumbi, às 11h.

“Ficamos saudosos, mais pobres, porque ele era uma das maiores expressões do estado, um dos grandes nomes do país”, conclui Marques.

A professora Rossana Gaia, do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) trabalhou com Melo de 1999 a 2014, realizando pesquisas na área da comunicação e também colaborou em alguns dos livros dele. Ela lamentou a morte, e diz que sua inspiração continuará sendo sentida pelas novas gerações.

“Ele sempre me dizia que tinha muita pressa [para pesquisar], muita urgência, em função de seu quadro de saúde. O professor refletiu sobre Alagoas e seus intelectuais, e também fez história na comunicação brasileira. Sou muito grata a ele por todos os ensinamentos que recebi. Esse é um dia muito triste, principalmente porque vivemos uma falência do pensamento crítico”, afirma a professora.

José Marques de Melo nasceu em 1943, em Palmeira dos Índios, no Agreste de Alagoas. Ele era jornalista, professor universitário, pesquisador científico e consultor acadêmico, além de ter sido o primeiro doutor em jornalismo do país, em 1973, e docente-fundador da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).

O alagoano trabalhou em jornais de Maceió e do interior do estado antes de mudar para São Paulo, onde continuou atuando na área e também, se dedicando às pesquisas.

Em toda sua carreira, escreveu dezenas de livros de jornalismo e comunicação social, que viraram referência para professores e estudantes dessas áreas.

Derek Gustavo, G1 Alagoas

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5