Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
DETRAN RESPEITAR

Notícias

Brasil
Divulgaão
Presidente do TSE, ministra Rosa Weber,

21 de Outubro de 2018

TSE anuncia medidas de combate às fake news

Decisão visa reduzir acirramento de acusações entre as campanhas de Bolsonaro e Haddad

A uma semana do segundo turno, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) marcou para hoje (21) à tarde uma entrevista à imprensa em que devem ser anunciadas medidas de combate à disseminação de notícias falsas (fake news) nas redes sociais. A entrevista ocorre no momento de acirramento de acusações entre as campanhas de Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

Além da presidente do TSE, ministra Rosa Weber, deverão participar da entrevista os ministros Raul Jungmann, da Segurança Pública, e Sérgio Etchegoyen, do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a advogada-geral da União, Grace Mendonça, e o diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro.

No TSE, há decisão para abertura das investigações em torno das denúncias sobre a existência de empresários que financiariam um esquema criminoso para a propagação de fake news anti-PT via WhatsApp. A Polícia Federal e a Procuradoria-Geral Eleitoral também estão nas apurações.

A semana que passou foi tensa, pois Haddad acusou Bolsonaro de estar por trás do esquema. Os adversários trocaram acusações. Bolsonaro negou envolvimento. Pelo Twitter, o candidato do PSL afirmou que não tem controle sobre apoios voluntários e que o PT não está sendo prejudicado por fake news, e sim pela “verdade”.

Partidos políticos, que apoiam ambos os candidatos, recorreram à Justiça Eleitoral em busca de providências. O PT pediu ao TSE para declarar Bolsonaro inelegível por 8 anos com base nas denúncias publicadas na imprensa.

Saiba mais

PF abre inquérito para investigar fake news envolvendo candidatos

Partido de Bolsonaro quer que PGR investigue esquema sobre fake news

Haddad cobra providências sobre suposto financiamento para fake news

Edição: Aécio Amado

Agência Brasil Brasília

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5