Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
novos soldados

Notícias

Cultura
Felipe Brasil
Essa é a terceira edição da Fanearte que Renata Calheiros participa, acompanhando de perto os trabalhos dos artesãos alagoanos

05 de Julho de 2019

Primeira-dama destaca riqueza do artesanato alagoano

Renata Calheiros prestigia abertura da Fanearte, que acontece em Recife e reúne artesãos do Brasil e do mundo

A primeira-dama do Estado, Renata Calheiros, participou na quarta-feira (3), da abertura da 20ª edição da Fenearte, maior feira de artesanato da América Latina, que acontece em Recife, e reúne artesãos de todo o Brasil e do mundo. Alagoas está representada por mestres da arte popular, artesãos e associações produtivas que buscam, esse ano, mais um recorde de vendas.

Essa é a terceira edição da Fanearte que Renata Calheiros participa, acompanhando de perto os trabalhos dos artesãos alagoanos. Na abertura da feira, ao lado do governador de Pernambuco, Paulo Câmara e da primeira-dama, Ana Luiza, Renata destacou o papel do Governo no incentivo à divulgação e comercialização do artesanato do estado, falando sobre a importância de está presente em feiras nacionais, como a Fenearte.

“Por aqui passam importantes lojistas, colecionadores e amantes da arte popular, por isso o Governo do Estado capitania a vinda dos nossos artistas, através de edital de participação. Essa é uma das principais vitrines do artesanato Brasileiro e é emocionante ver o sucesso que o artesanato de Alagoas faz entre os milhões de visitantes”, disse a primeira-dama.

Segundo Renata Calheiros, nos últimos anos, o stand de Alagoas tem registrado os maiores números em comercialização, resultado da junção de vários fatores. “A arte popular alagoana é diferenciada porque carrega uma carga cultural muito rica. Além disso, temos uma variedade de tipologias, que se transformam em obras de artes singulares nas mãos de mais de 14 mil talentosos artesãos.”, afirmou.

Ainda segundo a primeira-dama, nos últimos cinco anos, com a implantação do Programa Alagoas Feita à Mão, desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento e Turismo (Sedetur), o artesanato alagoano ultrapassou as fronteiras do Estado, e passou a ser mais visto e cobiçado no Brasil e no Mundo.

“Nossas obras estão nas melhores galerias, em exposições nacionais e internacionais, em feiras de design e arquitetura, como mais recentemente no Salão Internacional do Móvel de Milão, considerado um dos maiores eventos de casa, decoração, design e móveis do mundo. O mundo conheceu o artesanato Alagoano e quer nossa arte. Esse ciclo envolve produção, geração de renda, mas, principalmente, resgate do orgulho de ser alagoano”, comentou Renata.

A primeira-dama lembrou que o Programa Alagoas Feita à Mão atua também sob a vertente de preservação da identidade e incentivo às novas gerações. “Na Fenearte estamos mostrando o presente, é uma amostra do que está sendo produzido dentro dos ateliês espalhados em todo o Estado, mas por trás disso o Governo do Estado busca manter a essência da produção artesanal, sua importância cultural e perpetuação com as novas gerações”, afirmou.

A Fernarte acontecerá até o dia 14 de julho, no Centro de Convenções de Pernambuco. No stand de Alagoas é possível encontrar obras dos Mestres Aberaldo Sandes, André da Marinheira e Arlindo Monteiro. Além disso, as cadeiras de Jasson, Fernanda Ferro, artesanato de mais cinco associações, e obras expostas no Espaço Janete Costa.

Iara Malta
Agência Alagoas

Galeria de imagens

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5