Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
promoção da saúde

Notícias

Meio Ambiente
Ascom Semarh
Termo de compromisso foi assinado na última quinta

09 de Março de 2020

AL implanta logística para baterias de chumbo ácido

Estado se torna o primeiro no avanço da implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos no país

O Governo de Alagoas segue sendo pioneiro no avanço da implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) no país. Na quinta-feira (5/3), o Estado se tornou o primeiro do Nordeste e o quinto no país a assinar o termo de compromisso para implantar a logística reversa de baterias de chumbo ácido, que são usadas na indústria e, principalmente, em veículos automotores.

A ação é um marco para o meio ambiente. Com o termo assinado e o encerramento de 100% dos lixões, em 2018, o Estado eleva sua imagem, no cenário nacional, na redução da geração de resíduos, tendo como proposta a prática de hábitos de consumo sustentável e o conjunto de instrumentos para propiciar o aumento da reciclagem e da reutilização dos resíduos sólidos, (aquilo que tem valor econômico e pode ser reciclado ou reaproveitado) e a destinação ambientalmente adequada dos rejeitos (aquilo que não pode ser reciclado ou reutilizado).

As baterias de chumbo ácido, depois da sua vida útil, se tornam um resíduo perigoso a serem gerenciados de forma correta. Elas não podem ser descartadas em qualquer local nem disponibilizadas para a coleta domiciliar nem na seletiva, ou para cooperativas de catadores, por conterem metais pesados, que podem causar significativo impacto ambiental, além de danos à saúde, se manuseadas de forma incorreta.

“Hoje é um momento muito importante para o Estado de Alagoas na questão da logística reversa, que impactará de forma direta o meio ambiente. Mostra que o trabalho que estamos fazendo vem sendo correspondido. E o intuito é de transformar Alagoas para ser realmente referência nas políticas de resíduos, exemplo disto foi o encerramento dos lixões e a implantação de várias logísticas reversas em vários segmentos”, destacou secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Fernando Pereira.

Juntamente com a Semarh, assinaram o termo, o diretor-presidente do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA), Gustavo Lopes; o presidente da Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomercio), Gilson Lima e a direta executiva do Instituto Brasileiro de Energia Reciclável (Iber), Amanda Schneider.

Para o diretor-presidente do IMA, Gustavo Lopes, a assinatura mostra o compromisso da gestão ambiental de Alagoas. “Mais um marco para o meio ambiente de Alagoas. Depois de encerrar 100% dos lixões, alagoas e o primeiro do Nordeste e o quinto do Brasil, isso mostra mais um compromisso de gestão ágil. Do poder público com relação a políticas ambientais e o desenvolvimento sustentável”, disse Lopes.

O próximo passo será dado pela entidade gestora, Iber, onde será responsável, dentre as suas atribuições, por compilar e analisar as informações referentes à comercialização de Baterias novas, ao recolhimento e à destinação final de Baterias Inservíveis, conforme as metas previstas no Termo de Compromisso.

“Vamos servir de intermediários entre o Estado e o setor privado para buscar a implementação da política nacional de resíduos sólidos, e hoje temos uma ferramenta e modelo de certificação que demonstra as empresas que estão comprometidas com a sustentabilidade. Iremos agora iniciar o projeto aqui no estado, acompanhar a implementação da lei e aguardar os resultados”, esclareceu, a direta executiva do Iber, Amanda Schneider.

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5