Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
GERAL - ZAP SAÚDE

Notícias

Mundo
Erik S. Lesser / 11.5.2020
Drive thru de testes na Georgia, para saber se a pessoa está infectada nos Estados Unidos da América

12 de Maio de 2020

Covid-19: Américas passam Europa em casos

Continente concentra 1,74 milhões de casos, segundo a OMS; EUA, Brasil, México, Peru e Canadá são os países mais afetados pela pandemia

Nas últimas horas, o continente americano superou a Europa no número de casos de covid-19, com 1,74 milhão, contra 1,73 milhão no Velho Continente, segundo estatísticas da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A Europa foi, desde meados de fevereiro, o "epicentro" da epidemia, nas palavras do próprio diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, mas o maior número de casos diários registrados nas últimas semanas fez as Américas tomarem o lugar do Velho Continente, com países como EUA, Brasil, México, Peru e Canadá sendo especialmente afetados.

Especificamente, e de acordo com dados das redes nacionais de saúde, um pouco mais altos que os da OMS, os EUA são o país com mais infecções no mundo (1,3 milhão), o Brasil é o oitavo (169.000 casos) e o Canadá, o décimo terceiro (quase 70.000 infecções. O Peru também se aproxima rapidamente da marca canadense.

Apesar do maior número de infecções, as mortes por covid-19 no continente americano, que na segunda-feira ultrapassaram a barreira dos 100.000, são significativamente menores do que os quase 160.000 registrados no continente europeu.

Os EUA confirmaram mais de 80.000 mortes, outras 11.000 ocorreram no território brasileiro e quase 5.000 no Canadá, destacando também as mais de 3.500 mortes no México.

Apesar dos números em alta, vários países americanos já estão desenvolvendo planos para relaxar os confinamentos e outras medidas anteriormente tomadas para impedir a expansão do novo coronavírus

Veja também:

Hospital entre México e EUA protege imigrantes do coronavírus

Nos EUA, cidades com migrantes brasileiros e hispânicos têm 30% mais mortes por covid-19

Polícia de NY prende 10 vezes mais negros por violar distanciamento

12/05/2020 - 08h35

Da EFE, com R7

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5