Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
SINTOMAS

Notícias

Economia
Marcelo Camargo
Benefício atenderá mais de 50 milhões de brasileiros, com o pagamento dessa segunda parcela

16 de Maio de 2020

Caixa começa pagar 2ª parcela do auxílio emergencial

Benefício atenderá mais de 50 milhões de brasileiros; veja como ficou o calendário de pagamento

A Caixa Econômica Federal começará a pagar a segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 a partir da próxima segunda-feira (18), informou o presidente do banco estatal, Pedro Guimarães.

Ao todo, cerca de 50 milhões de pessoas estão inscritas no programa. O benefício é pago para trabalhadores informais e pessoas de baixa renda, inscritos do cadastro social do governo e no Bolsa Família.

O vice-presidente da Rede de Varejo da CAIXA, Paulo Henrique Angelo, divulgou hoje (15) informações técnicas sobre o crédito do benefício e também tirou dúvida dos internautas.

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni; o presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães; e o presidente da Dataprev, Gustavo Canuto; explicaram, no Palácio do Planalto, detalhes de como será o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial.

Também participaram do evento, o secretário-executivo do Ministério da Cidadania, Antônio José Barreto; a vice-presidente de Governo da Caixa, Tatiana Thomé; e o vice-presidente de Tecnologia e Digital da Caixa, Cláudio Salituro.

Governo divulga calendário da segunda parcela do auxílio emergencial

O Ministério da Cidadania divulgou, hoje (15), o calendário de pagamento e saques da segunda parcela de R$ 600 do auxílio emergencial, pago em três parcelas, destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados que perderam renda por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19). A portaria com as datas foi publicada no Diário Oficial da União.

Veja o calendário de pagamento:

Governo divulga calendário da segunda parcela do auxílio emergencial

Portaria foi publicada no Diário Oficial da União

O Ministério da Cidadania divulgou, hoje (15), o calendário de pagamento e saques da segunda parcela de R$ 600 do auxílio emergencial, pago em três parcelas, destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados que perderam renda por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19). A portaria com as datas foi publicada no Diário Oficial da União.

A segunda parcela começará a ser creditada na segunda-feira (18), conforme adiantou o presidente da Caixa Econômica federal, Pedro Guimarães, durante a live semanal do presidente Jair Bolsonaro, no início da noite de ontem (14).

Ao todo, cerca de 50 milhões de pessoas estão inscritas no programa. O benefício é pago para trabalhadores informais e pessoas de baixa renda, inscritos do cadastro social do governo e no Bolsa Família.

O calendário publicado nesta sexta-feira vale para as pessoas que receberam a primeira parcela até o dia de 30 de abril de 2020. Na tarde de hoje, está prevista entrevista coletiva, no Palácio do Planalto, para detalhar como será o pagamento.

Veja o calendário para depósito em poupança social:

Nascidos em: Dia de recebimento do benefício:

janeiro e fevereiro 20 de maio

março e abril 21 de maio

maio e junho 22 de maio

julho e agosto 23 de maio

setembro e outubro 25 de maio

novembro e dezembro 26 de maio

Veja o calendário de depósitos para beneficiários do Bolsa Família:

Último dígito do NIS: Data do crédito:

1 18 de maio

2 19 de maio

3 20 de maio

4 21 de maio

5 22 de maio

6 25 de maio

7 26 de maio

8 27 de maio

9 28 de maio

0 29 de maio

Veja o calendário para saque e transferência da poupança social:

Nascidos em: Liberado em:

janeiro 30 de maio

fevereiro 1 de junho

março 2 de junho

abril 3 de junho

maio 4 de junho

junho 5 de junho

julho 6 de junho

agosto 8 de junho

setembro 9 de junho

outubro 10 de junho

novembro 12 de junho

dezembro 13 de junho

SAIBA MAIS:

Bolsonaro sanciona com 11 vetos lei que altera auxílio emergencial

O presidente Jair Bolsonaro vetou a inclusão de categorias profissionais para o recebimento do auxílio emergencial de R$ 600, o socorro financeiro pago pelo governo aos trabalhadores informais afetados pelas medidas de combate à pandemia de covid-19 no país. A lei com mudanças no auxílio emergencial foi sancionada com 11 vetos e publicada hoje (15) no Diário Oficial da União.

Edição: Liliane Farias e Fernando Fraga

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Publicado em 15/05/2020 - 16:08

Atualizado em 15/05/2020 - 17:29

auxílio emergencial Caixa coronavírus covid-19 pandemia

Publicado em 15/05/2020 - 10:54 Por Andreia Verdélio - Repórter da Agência Brasil - Brasília

NOVAS INFORMAÇÕES

Caixa paga segunda parcela do auxílio emergencial

Cronograma de pagamento começou na última segunda-feira (18)

Publicado em 21/05/2020 - 10:45 Por Kelly Oliveira - Repórter da Agência Brasil - Brasília

A Caixa Econômica Federal continua a pagar hoje (21) a segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras), seguindo o cronograma iniciado na última segunda-feira (18).

No caso do Bolsa Família, o calendário está dividido conforme as datas habituais de pagamento para quem integra o programa. Para as demais pessoas, o pagamento será de acordo com o mês de nascimento.

Hoje será feito o pagamento para os beneficiários do Programa Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) final 4. Amanhã (22) será a vez daqueles com NIS final 5 e na próxima segunda-feira (25), NIS final 6. O crédito segue nessa ordem, de um NIS por dia, menos no fim de semana, até o número zero, que será pago no dia 29 deste mês. Recebem o auxílio diariamente 1,9 milhão de pessoas, que podem sacar o benefício pelo cartão do Bolsa Família, segundo o Ministério da Cidadania.

Pagamento em contas digitais

Ontem (20) começou o crédito nas contas sociais digitais da Caixa para as pessoas que nasceram nos meses de janeiro e fevereiro e que não estão no grupo do Bolsa Família. Hoje, o pagamento será para quem nasceu em março e abril, e assim por diante, tirando o domingo (24).

Saques

O calendário para saques da segunda parcela é diferente do calendário do crédito nas contas digitais e tem início em 30 de maio (um sábado), para os nascidos em janeiro. No dia 1º de junho, os saques serão permitidos para quem nasceu em fevereiro, seguindo nessa ordem até 13 de junho para os nascidos em dezembro. No dia 7 de junho (domingo) não há saques.

Ontem, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que a segunda parcela do auxílio emergencial só será depositada em contas fora da Caixa Econômica Federal a partir do dia 30. Segundo ele, os beneficiários receberão o dinheiro automaticamente na conta corrente fora da Caixa no período de 30 de maio a 13 de junho, conforme o mesmo cronograma de saque em espécie do segundo lote.

Veja o calendário de depósitos para beneficiários do Bolsa Família:

Último dígito do NIS: Data do crédito:

1 18 de maio

2 19 de maio

3 20 de maio

4 21 de maio

5 22 de maio

6 25 de maio

7 26 de maio

8 27 de maio

9 28 de maio

0 29 de maio

Veja o calendário para depósito em poupança social:

Nascidos em: Dia de recebimento do benefício:

janeiro e fevereiro 20 de maio

março e abril 21 de maio

maio e junho 22 de maio

julho e agosto 23 de maio

setembro e outubro 25 de maio

novembro e dezembro 26 de maio

Veja o calendário para saque e transferência da poupança social:

Nascidos em: Liberado em:

janeiro 30 de maio

fevereiro 1 de junho

março 2 de junho

abril 3 de junho

maio 4 de junho

junho 5 de junho

julho 6 de junho

agosto 8 de junho

setembro 9 de junho

outubro 10 de junho

novembro 12 de junho

dezembro 13 de junho

Primeira parcela

No último sábado (16), a Caixa creditou R$ 246 milhões para 405.163 pessoas ainda da primeira parcela.

Entre o dia 19 e 29 deste mês, a Caixa credita a primeira parcela para mais 8,3 milhões de beneficiários. Serão disponibilizados R$ 5,3 bilhões nas contas indicadas no momento da inscrição.

Para quem desejar fazer o saque nas agências desse novo lote da primeira parcela, o calendário também será pelo mês de nascimento. No último dia 19, o pagamento foi liberado para os nascidos em janeiro; no dia 20, para quem nasceu em fevereiro; hoje (21), para os aniversariantes de março; amanhã (22), para os de abril; e no sábado (23), para quem nasceu nos meses de maio, junho e julho.

O pagamento da primeira parcela volta a ser feito na segunda-feira (25) para quem nasceu em agosto, na terça-feira (26), para os nascidos em setembro, e assim por diante até a sexta-feira (29).

Quem não conseguir ir ao banco no dia correspondente ao mês de aniversário pode ir em algum dia posterior.

Edição: Graça Adjuto

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Por Agência Brasil - Brasília

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5