Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
TURISMO

Notícias

Curiosidades
Foto: University of Warwick/Mark Garlick
Duas estrelas se uniram e formaram uma anã branca inédita para a ciência

21 de Maio de 2020

Duas estrelas se unem e formam uma anã branca

Fenômeno resultou na formação de um astro ultramaciço cuja atmosfera é rica em carbono, algo inesperado, segundo especialistas

A estrela anã branca WDJ0551+4135, situada a 150 anos-luz da Terra, está intrigando astrônomos de todo o mundo. O motivo? O astro ultramaciço tem uma atmosfera bizarra que é rica em carbono, algo nunca visto anteriormente.

Segundo um artigo publicado na Nature Astronomy, a explicação seria pelo fato de a estrela ter se forma pela junção de duas anãs brancas que, em vez de colidirem, se uniram em uma só.

Para estudar o astro os especialistas utilizaram a luz emitida por ele, o que os permitiu identificar a composição química de sua atmosfera e descobrir o nível estranhamente alto de carbono.

ALGO NUNCA VISTO

“Essa estrela se destacou como algo que nunca vimos antes. Você pode esperar ver uma camada externa de hidrogênio, às vezes misturada com hélio, ou apenas uma mistura de hélio e carbono", explicou Mark Hollands, um dos cientistas que assina o estudo, em comunicado. "Você não espera ver essa combinação de hidrogênio e carbono ao mesmo tempo, pois deve haver uma espessa camada de hélio entre as camadas que proíbe essa mistura. Quando analisamos, não fazia sentido."

Quando estrelas como o nosso Sol queimam todo seu combustível interno e liberam suas camadas externas, elas se tornam anãs brancas. A maioria delas é relativamente leve e tem cerca de 0,6 vezes a massa do Sol. Entretanto, a WDJ0551+4135 tem 1,14 massas solares – mas é compacta e tem só dois terços do diâmetro da Terra.

De acordo com os astrônomos, a teoria para a formação da WDJ0551+4135 é que, quando uma estrela em um sistema binário se expandiu no final de sua vida útil, ela envolveu sua parceira. Dessa forma, ao longo de milhões de anos, a trajetória desses astros se torna cada vez mais próximas até ambas se fundirem.

Ainda assim, embora fusões de anãs brancas tenham sido previstas pela ciência, essa seria particularmente incomum. A maioria das fusões em nossa galáxia ocorre entre estrelas com massas diferentes, enquanto essa fusão parece estar entre duas estrelas de tamanhos semelhantes.

Além disso, os especialistas pensavam que esse processo pudesse se dar apenas em estrelas de massa menor (caso contrário o astro explodiria em supernova). Mas, como observou Hollands, a descoberta "implica que algumas delas provavelmente foram formadas por fusões".

Astrônomos detectam maior explosão no Universo desde o Big Bang

O astrônomo inclusive acredita que esse é o aspecto mais interessante da descoberta, pois dá mais pistas sobre a formação do Universo. "Ainda há muita incerteza sobre que tipo de sistemas estelares chegam ao estágio de supernova. Por mais estranho que pareça, medir as propriedades dessa supernova 'falha' e outras parecidas nos dirá muito sobre os caminhos para a fusão termonuclear", afirmou Hollands.

02 MAR 2020 - 15H44 ATUALIZADO EM 02 MAR 2020 - 15H44

SAIBA MAIS

Universitária canadense descobre 17 planetas, sendo um do tamanho da Terra

Astrofotógrafos brasileiros reúnem melhores cliques do espaço em livro

Poliglota de 22 anos ensina inglês em 8 semanas e vira febre na internet

Maceió: em quarentena, elas trocaram a academia por exercícios em casa

Cardiologista do Brasil: Pare de comer esses 3 alimentos imediatamente

VALOR INVESTE

Bolsonaro tem diferença de princípios com ministros, diz Guedes

10 dicas para organizar a vida financeira no Ano Novo

Bolsonaro quer elevar isenção do IR para R$ 3 mil por mês

Nutricionista revela como queimar gordura abdominal

Anvisa libera uso de proteína que “mata” enzima da calvície

Careca com cabelo em 3 meses? ANVISA libera método natural para calvície profunda

19 Celebridades brasileiras que hoje estão pobres

Novo aparelho para fazer mais de 20 exercícios em casa.

Grelhe seus alimentos no fogão sem fumaça!

Adeus dor nas juntas! Anvisa libera pílula alemã que "engrossa" cartilagem

Anvisa libera pílula americana que reverte 17x mais pele velha

Cinco Fundos para investir a partir de R$ 100

Onde investir com a Selic mais baixa?

Os melhores Fundos de Ações para investidores iniciantes

O segredo para comprar na Amazon que as pessoas não sabem

Como engrossar cartilagem alivia dor nas juntas

Imagens da Nasa revelam detalhes nunca antes vistos nos rios de Marte

Fotos tiradas pela sonda Mars Reconnaissance Orbiter mostram enormes camadas de sedimentos na Bacia de Impacto Hellas, formada há mais de 3,7 bilhões de anos

Galileu

MAIS LIDAS

Austrália divulga nova imagem do extinto tigre-da-Tasmânia - Revista Galileu |...

Praticar exercícios ao ar livre: quais são as recomendações? - Revista Galileu |...

6 novas vacinas demonstram eficácia contra Sars-CoV-2 em macacos - Revista Galileu |...

Conheça as 5 maiores pandemias da história - Revista Galileu | Saúde

Redação Galileu

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5