Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
RETOMADA

Notícias

Cultura
Reprodução/Agência Alagoas
Circuito Urbano conecta jovens das grotas de Maceió e de países da África Lusófona

29 de Outubro de 2020

Circuito conecta grotas a países da África Lusófona

Diálogo e troca de experiências entre jovens é mais ua etapa do projeto realizado pelo ONU-Habitat e Governo de Alagoas

Um encontro virtual inédito e especial vai acontecer nesta quinta-feira (29), às 10h, durante mais uma etapa do Projeto Emergencial de Monitoramento da Covid-19 nas grotas de Maceió. Os integrantes da iniciativa realizada pelo ONU-Habitat em parceria com o Governo de Alagoas irão participar de um intercâmbio online com outros jovens moradores(as) de comunidades periféricas do Rio de Janeiro e de países da África Lusófona – cujo idioma oficial é a língua portuguesa –, como Moçambique e Angola.

Com o título “Conexão Maceió, Rio de Janeiro e África Lusófona para um futuro melhor”, o evento será transmitido pelo canal do Circuito Urbano no YouTube como parte da programação de eventos que vêm acontecendo desde 1 de outubro. O Circuito Urbano 2020 é uma iniciativa do ONU-Habitat no Brasil para dar visibilidade a eventos que promovam diálogos e trocas de experiências e conhecimentos sobre cidades no Brasil e países da África Lusófona.

“Será um momento muito especial no nosso projeto, pois será uma oportunidade de intercâmbio, ainda que virtual por enquanto, de conexão com jovens envolvidos em atividades e projetos sociais e culturais de cidades lusófonas, onde o ONU-Habitat atua”, destacou Rayne Ferretti Moraes, Oficial Nacional para o Brasil e Coordenadora do Projeto. No caso específico do encontro desta quinta-feira (29), o objetivo é promover ideias, oportunidades e conteúdos de comunicação por e para moradores(as) de comunidades periféricas, além de compartilhar percepções sobre os impactos urbanos e socioeconômicos da Covid-19, bem como as expectativas para um futuro urbano pós-pandemia no Brasil, em Angola e em Moçambique.

“Esperamos que esse momento seja uma oportunidade para trocas de ideias, percepções e vivências sobre como estão enfrentando a pandemia, mas, sobretudo, sobre os sonhos e desejos que imaginam para um futuro urbano melhor para suas comunidades e cidades”, apontou a Oficial Nacional. “Estamos animados e felizes em realizar esse evento e poder ampliar as imagens e vozes das comunidades periféricas pelo Brasil e África”, complementou Rayne Ferretti Moraes.

Maceió será representada por Mary Alves (grota do Ary), Josias Brito (grota do Rafael), Ewelyn Lourenço (grota Santa Helena) e Tauan Santos (grota José Laranjeiras). A nossa turma vai interagir com participantes de cidades onde o ONU-Habitat atua, como Rio de Janeiro; Luanda, capital da Angola, e Maputo, capital de Moçambique. A moderação do evento ficará por conta de Elis Lopes, mobilizadora social que acompanha a equipe alagoana desde o início do projeto, iniciado no último mês em setembro.

Após participarem de quatro Oficinas de Comunicação Popular com temáticas variadas sobre a percepção da pandemia, a realidade socioeconômica e os potenciais de desenvolvimento sustentável em suas comunidades, os nove integrantes do projeto registraram em áudio, foto e vídeo a paisagem e as vozes de suas quebradas. O material captado será editado e transformado num documentário em curta-metragem. Para acompanhar a galera e pegar a visão das grotas, basta acessar – e seguir – o perfil @visaodasgrotas no Instagram.

Para assistir o evento no Circuito Urbano, dia 29/10 às 10h, acesse: bit.ly/VisaoNoCircuito

Agência Alagoas

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5