Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
CUIDADO

Notícias

Política
Reprodução
Chapa única: Hugo Wanderley será presidente e Sérgio Lira vice da Associação dos Municípios de Alagoas (AMA)

06 de Janeiro de 2021

Hugo Wanderley e Sérgio Lira vão comandar a AMA

Chapa única: Hugo será presidente e Lira vice da Associação dos Municípios de Alagoas (AMA)

Hugo Wanderley (MDB) e Sérgio Lira (PP), em chapa única, devem assumir a presidência da Associação dos Municípios de Alagoas (AMA).

Hugo Wanderley, reeleito prefeito de Cacimbinhas, acertou os ponteiros com o prefeito reeleito de Maragogi Sérgio Lira, e os dois vão uma chapa única à direção da AMA. Wanderley será o presidente e Lira o vice.

VEJA A MATÉRIA

Para evitar um possível racha entre os prefeitos das cidades de Alagoas, o gestor de Maragogi, Fernando Sérgio Lira Neto (PP), decidiu recuar da candidatura e será o vice-presidente na chapa liderada pelo prefeito de Cacimbinhas, Hugo Wanderley (MDB), para a disputa de presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA). O acordo foi firmado na terça-feira (5/1) e divulgado nas mídias sociais pela colunista Aninha Monteiro.

Dezenas de prefeitos se uniram e formaram o Movimento Renova AMA e tinham escolhido Sérgio Lira para ser o candidato da chapa. O prefeito de Maragogi articulou com Wanderley para evitar um racha entre os prefeitos e selaram a união dos gestores alagoanos. Com o acordo, a disputa se encaminha para chapa única.

Sérgio Lira disse que foi uma decisão tomada paulatinamente e com sensatez. “Junto com o nosso grupo vamos nos unir e aumentar a participação dos prefeitos que lutam por uma AMA melhor e vamos ampliar a defesa do municipalismo alagoano”, frisou.

O prefeito de Maragogi também ficou muito contente pela escolha do prefeito de Jacuípe, Amaro Ferreira Júnior “Carro Véio” (MDB), para ser o líder de gestores da região Norte de Alagoas. Sérgio Lira já presidiu a entidade no biênio 1997-1988. Hugo Wanderley foi o presidente anterior a atual gestão de Pauline Pereira.

A ELEIÇÃO

A eleição para presidente da AMA ocorre em Maceió no dia 11 de janeiro, no horário das 8h às 17h, na sede da entidade, no bairro Farol. Votam os 102 gestores das prefeituras alagoanas e o registro de chapa pode ser feito até 48 horas antes do pleito.

Além de presidente, a chapa deverá ser composta por: vice-presidente; secretário geral; 1º secretário; 2º secretário; 1º tesoureiro; 2º tesoureiro; e o Conselho Fiscal formado por três titulares e três suplentes.

HISTÓRICO DA AMA

*Conheça melhor a Associação dos Municípios Alagoanos - AMA *

Fundada em 16 de fevereiro de 1981, a AMA, Associação dos Municípios de Alagoas, surgiu como uma entidade independente formulada para agregar idéias e promover estratégias em prol do desenvolvimento municipal.

A instituição, que representa os prefeitos alagoanos, tem papel preponderante na defesa das cidades e na política municipalista.

Ao longo de 30 anos de existência, a AMA promove a capacitação técnica dos servidores das prefeituras alagoanas. Adota programas dinâmicos, de controle gerencial de atuação e identifica órgãos estaduais e federais geradores de recursos para o fomento do desenvolvimento dos Municípios.

DISPUTA

A eleição do próximo presidente da entidade, marcada para o próximo dia 11 (onze) de janeiro prevê o encontro de dois grupos políticos: o primeiro liderado pelo governador Renan Filho, em disputa com o grupo progressista do candidato à presidência da Câmara dos Deputados Arthur Lira (PP).

O Prefeito de Maragogi Fernando Sergio Lyra aparece como forte pretendente. Representa a bandeira da renovação. Extremamente articulado e com excelente trânsito em Brasília, Fernando Sergio volta a comandar pela quarta vez os maragogienses.

Pelo lado governista, os nomes de Renato (Pilar) e Hugo Wanderley (Cacimbinhas) disputam a preferência do Governador Renan Filho.

O Deputado Estadual Antônio Albuquerque líder do PTB, com 18 (dezoito) prefeitos eleitos pela agremiação partidária, é um forte eleitor, podendo decidir o pleito.

As previsões são de que o futuro presidente da AMA seja do MDB ou do Partido Progressista.

Por Carlos Bina (04/01/2021)

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5