Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
ESCOLHAS

Notícias

Cidade
Reprodução
Gilson da Lotação conseguiu um cargo na SMTT que pode comprometer a luta da categoria em Maceió

05 de Abril de 2021

Nomeação de Gilson da Lotação revolta categoria

Líder dos táxi-lotação de Maceió é nomeado para um cargo na Jari da SMTT

“Evitem falar o nome do prefeito JHC. Evitem o máximo possível dizer que o prefeito vai fazer isso ou vai fazer aquilo. Errem o nome do prefeito porque vêm coisas boas aí pra gente (sic)”. As declarações são do líder dos táxis-lotação em Maceió, Gilson Gomes da Costa, o Gilson da Lotação, e foram feitas num grupo de WhatsApp integrado por motoristas que exploram o transporte irregular de passageiros, usando táxis. Gilson da Lotação foi candidato a vereador na eleição passada pelo PROS e obteve 547 votos.

No grupo, os integrantes ficaram sem entender a mensagem do líder porque, nas gestões de Rui Palmeira e Cícero Almeida, conforme ele mesmo diz em outros áudios, ele sempre “bateu de frente” na defesa da categoria. Mas a Portaria nº 0100, publicada no Diário Oficial do Município de 31 de março explica sobre as “coisas boas que viriam por aí”.

Gilson Gomes da Costa foi nomeado para integrar a 1ª Junta Administrativa de Recursos de Infrações (JARI) da Superintendência Municipal de Transporte Trânsito (SMTT), na condição de relator, em substituição à Camila Soares Porciúncula. A portaria foi assinada pelo chefe da SMTT, delegado federal André Santos Costa. A nomeação bate de frente com a promessa de campanha de JHC de nomear pessoas pelo critério técnico e avaliação de currículos pelo “Time Maceió”.

Após a divulgação do áudio de Gilson da Lotação nos grupos de táxi-lotação e o conhecimento da portaria, surgiram outros áudios com vários comentários. Muitos criticando a postura do líder, outros apoiando. “Ele [Gilson] é quem está certo. Adianta lutar tanto por uma classe desunida?”, questionou um deles.

“Agora a gente entende as coisas boas que ele falou no grupo. Coisa boa pra ele que está ganhando o dele na Prefeitura”, comentou outro taxista. “Isso foi um cala-boca que o prefeito deu a ele. Agora estamos sem liderança na categoria”, disse outro integrante do grupo. “Agora eu entendi porque ele pediu para a gente não falar do prefeito”. Agora está entendido, não é?”, disse outro integrante.

Gilson da Lotação enviou mais um áudio ao grupo, agradecendo o apoio e ignorando as críticas. Aproveitou para esclarecer os caminhos e os motivos que os levaram à 1ª Jari. Em outras palavras, revelou que é apadrinhado do vereador Francisco Sales, hoje, secretário de Governo de JHC. Sales teria recebido de acalmar os taxi-lotação nesse início de gestão.

“Pessoal, sobre a publicação do Diário Oficial, foi o vereador Francisco Sales foi quem me nomeou. Vou ficar numa comissão, na Jari, no Setor de Multas da SMTT. Como eu disse: as coisas estão melhorando. Por isso que pedi para não falar no prefeito porque ele disse que vai ver a situação dos táxis-lotação. Já deu uma melhora. A gente ajudou e nada melhorou pra gente, com a apreensão de carros todo dia. Quando houve esse último protesto no Centro, Francisco Sales ligou pra mim e disse que estava me ajeitando com superintendente [André Costa]”, comentou Gilson da Lotação.

“Eu falei lá o que estava acontecendo. Francisco Sales ligou pra mim dizendo que estava abrindo as portas com o superintendente e eu fechando o centro. Eu disse que não era eu e que estava lá (no protesto) para resolver a situação. Eu creio que deu uma melhora aí. Nunca mais vi apreensão de táxi-lotação. Pode ser que mude. Vou para o setor de multas, mas isso é um passo para gente coordenar os taxistas de Maceió”, disse ele.

Na SMTT a nomeação de Gilson da Lotação caiu como uma bomba. Vários diretores de setores ficaram indignados com a nomeação dele para um setor tão importante. Durante anos, a SMTT combateu o transporte ilegal feito por táxis-lotação uma vez que não há lei que regulamente essa atividade. Gilson da Lotação esteve sempre do lado oposto aos agentes de trânsito. O Setor de Fiscalização foi o que se sentiu traído pela administração da SMTT, com a nomeação de Gilson da Lotação para a Jari.

Da Redação do AA

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5