Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
disque denuncia

Notícias

Cultura
Divulgação
Pastoril Mãe dos Homens de Coqueiro Seco animará a noite no Palácio Floriano Peixoto

17 de Novembro de 2010

Engenho de Folguedos: Azul ou Encarnado?

Vem chegando o Natal, que além da tradição religiosa e festiva é também a época do pastoril. O folguedo é um dos mais antigos de Alagoas e continua na lembrança de muitos adultos. Quem não torcia pelo cordão azul, ficava com o encarnado.

Nesta quarta-feira (17), às 20h, acontecerá a penúltima apresentação do Encontro de Pastoris, nos Jardins do Palácio República dos Palmares. O renomado Pastoril Mãe dos Homens trará toda a animação das meninas de Coqueiro Seco, sem deixar de carregar a tradição e a saudade da antiga mestra do Patrimônio Vivo, Luzia Simões.

“Estamos com o grupo todo renovado e o Encontro será uma grande oportunidade para divulgá-lo”, explicou a coordenadora do grupo, Lucimar Alves. O folguedo ganhou o prêmio Mestre Duda de Culturas Populares, em 2007, pelo Ministério da Cultura (MinC).

Haverá ainda a participação do pastoril Coração de Jesus, de Cruz das Almas. Coordenado por Carlos Nascimento, o grupo está em seu terceiro ano e acompanha o Encontro de Pastoris desde sua criação. “É uma felicidade imensa participar do evento e manter essa tradição, que é o pastoril. Nosso grupo sobrevive à base de muito amor e apresentações como essas é que fazem a Cultura em nosso estado valer a pena”, disse Carlos Nascimento

Preocupados em seguir a tradição, o pastoril Coração de Jesus se apresenta apenas durante a época de Natal. “Mas é uma grande satisfação ver a animação das meninas, todos os anos, saindo da grota para ir se apresentar.”, conclui Carlos, que também é membro da Asfopal.

Durante as apresentações, locutores estarão animando a torcida dos cordões azul e encarnado e incentivando a plateia a chamar as pastoras preferidas para que recebam as prendas ou donativos para os grupos. Por enquanto, o azul está vencendo, mas como cada grupo possui uma evolução diferente, as meninas do cordão encarnado ainda têm chance de virar.

O evento é uma realização da Associação dos Folguedos Populares de Alagoas (Asfopal) com o patrocínio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). A entrada para assistir ao espetáculo é franca. O Museu Palácio Floriano Peixoto permanecerá aberto à visitação até as 21h. Mais informações pelo telefone 3315-7873.

Agência Alagoas

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5