Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
DISQUE DENÚNCIA

Notícias

Ciência & Tecnologia
Adailson Calheiros/Agência Alagoas
Presidente do Itec, Nelson Menezes fala sobre os avanços em tecnologia alcançados pelo Governo do Estado

29 de Abril de 2012

Tecnologia vai reduzir custos com uso da internet

Instituto comemora década de avanço no setor de informação e informática do governo de Alagoas; Nelson Menezes, diretor-presidente fala sobre o presente o futuro do Itec

Há exatos 10 anos, foi criado o Instituto de Tecnologia em Informática e Informação do Estado de Alagoas (Itec), por meio da lei estadual nº 6.313 de 30 de abril de 2002. A autarquia, que tem como missão promover a efetividade da administração pública estadual através de soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), comemora o aniversário no dia 17 deste mês, às 15h, no Palácio República dos Palmares.

Entre os notáveis avanços no setor estão a implantação e ampliação da Infovia de Alagoas, rede de dados que interliga os órgãos do Governo nos 102 municípios; a consolidação do parque tecnológico (Datacenter) - onde são hospedados sites e sistemas estaduais com segurança de dados -; a criação da Fábrica de Sítios, que lançou e mantém mais de 60 portais governamentais na internet; a Fábrica de Sistemas, que produz e dá suporte aos sistemas para os órgãos estaduais; o aperfeiçoamento do sistema financeiro (Siafem); o lançamento de programas de Inclusão Digital como o Digitalagoas, que está implantando 50 telecentros em todo o Estado, e o Lan House Legal, em parceria com o Sebrae, para instruir 50 mil pessoas com informática básica.

A implantação do processo virtual no Governo de Alagoas, que promete redução de custos e do tempo gasto com tramitações e projetos que tentam aproximar governo e cidadão através de serviços via internet, estão entre os desafios que o Instituto de Tecnologia em Informática e Informação do Estado de Alagoas (Itec) prioriza como meta informatizar o serviço público até 2014. Confira a entrevista concedida pelo diretor-presidente do Itec, Nelson Menezes.

Agência Alagoas - Quais são os desafios do Itec para os próximos anos?

Nelson Menezes - O período 2012 a 2014 serão anos de grandes transformações tecnológicas em Alagoas. O projeto do Itec, no programa “Alagoas Tem Pressa”, chama-se “Informatização do Serviço Público”, o qual podemos dividir em três grandes partes: Reestruturação do Itec - no que se refere à estrutura organizacional, estrutura física (prédio), investimentos constantes em equipamentos (Data Center Corporativo) e sistemas operacionais; Governo Eletrônico - o qual se subdivide em duas importantes fases; Processo Virtual (Eletrônico ou Digital) implantação, juntamente com os órgãos do estado, do sistema na máquina administrativa; e disponibilização cada vez maior de serviços on line ao cidadão. São grandes desafios que só estão sendo possíveis graças à visão estratégica do governador Teotonio Vilela e do vice-governador José Thomaz Nonô, que enxergaram a necessidade de se investir em TIC como ferramenta fundamental de agilização e maior transparência da máquina administrativa do Estado.

A.A. - Quais os principais investimentos realizados pelo Itec em 2011?

N.M. - Em 2011 findou a fase de planejamento com a elaboração do PDTIC - Plano Diretor de Tecnologia em Informática e Informação de Alagoas, conjuntamente com os órgãos e secretarias mais demandantes de TIC; além da conclusão da primeira fase da reestruturação do Data Center coorporativo. Também adquirimos um terreno próximo ao Itec, para relocar a nossa sede. Elaboramos o projeto arquitetônico. Elaboramos o estudo para a mudança estrutural e organizacional no Itec. Consolidamos a nova infovia, que cuida da conectividade entre os órgãos do Estado.

A.A. - Como o Itec pensa trabalhar o Governo Eletrônico em Alagoas ?

N.M. - Vamos trabalhar o Governo Eletrônico em duas frentes: Processo Virtual (eletrônico ou digital), acabando com o processo administrativo em papel, também chamado de Projeto Verde, o qual vai causar uma grande transformação na administração pública do Estado, dando maior velocidade aos processos, economia de tempo e papel e maior transparência aos atos do Governo. Este ano o Itec, juntamente com a Segesp, a Secti e a Educação, implantou um projeto piloto, nos órgãos acima citados mais PGE e Gabinete Civil. A partir do próximo ano, e até 2014, estaremos estendendo este projeto para o restante dos órgãos do estado. Este é o grande projeto transformador da administração pública estadual, e que coloca a tecnologia como a ferramenta fundamental da Gestão Pública. A outra frente é o atendimento online, disponibilizando cada vez mais serviços do Estado ao cidadão. Os nossos portais ou sites, na sua grande maioria dos casos, são apenas informativos. Precisamos cada vez mais disponibilizar links nesses sites, que permitam ao cidadão resolver suas demandas, suas necessidades com o Estado, via tecnologia, trazendo com isto rapidez para o usuário/cidadão e economia para o Estado de Alagoas.

A.A. - Quais outros projetos importantes estão fazendo parte desta transformação no Itec?

N.M. -O Itec, desde o segundo semestre de 2011, vem trabalhando intensamente na viabilização de diversas licitações, a serem utilizadas pelos órgãos do Estado, as quais terão como produto final até o final Atas de Registro de Preços; como sejam: para aluguel de impressoras; para equipamentos de Data Center; para aluguel de desktop e notebook; para construção de rede lógica e elétrica; para serviços de GED; para Service Desk; desenvolvimento de sistemas; etc. Sendo que as duas primeiras estão prontas e dentro dos próximos 60 dias deverão concluir suas licitações. Destacamos que todos esses investimentos em Tecnologia da Informação que estão sendo feitos em Alagoas, graças à visão estratégica do governador Teotonio Vilela Filho e Jose Thomaz Nonô; provocarão uma verdadeira revolução na Gestão Pública estadual, modernizando, agilizando e criando maior transparência, contribuindo fortemente para a qualidade de vida do cidadão comum.

A.A. - Alagoas possui índices alarmantes de exclusão digital. Existem projetos voltados para esta área?

N.M. - Na área da inclusão digital , o Instituto de Tecnologia vem desenvolvendo dois projetos de extrema importância para o Estado de Alagoas: o primeiro é a implantação de 50 telecentros, beneficiando diversos municípios do Estado de Alagoas, que deverá estar concluído até o meio do corrente ano. O segundo é o projeto de Alfabetização Digital em Lan Houses, tocado por iniciativa do Itec, em parceria com o Sebrae, o qual objetiva alfabetizar digitalmente 50 mil jovens e adultos alagoanos com os fundamentos básicos do uso de um computador, melhorando os baixíssimos índices de inclusão digital que temos em Alagoas. Ambos os projetos têm os recursos assegurados pelo Fecoep.

Agência Alagoas

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5